Logon
Sobre Nós

Qualidade e Segurança

Assistência Hospitalar é um dos pilares do CHN

​​​​​O cuidado na assistência hospitalar ao paciente é um dos grandes pilares do acolhimento do CHN, que se empenha em todos os detalhes para que este momento seja o mais tranquilo e confortável possível aos pacientes. Equipes multidisciplinares, infraestrutura e práticas gerenciais são constantemente avaliadas e atualizadas para estarem de acordo com os parâmetros aceitos nos melhores hospitais do mundo.
As acreditações funcionam como “selos de qualidade" e são a melhor forma de medir a adequação de um hospital ao padrão de excelência e alta performance mundial, principalmente na segurança e na qualidade assistencial.

Em 2010, o CHN foi o pioneiro na cidade de Niterói a receber o certificado de acreditação hospitalar, atingindo o Nível 1 da Organização Nacional de Acreditação - ONA, seguindo para o Nível 2 - Acreditado Pleno em 2011, e para o Nível 3 – Excelência em Gestão, em setembro de 2012. Já foram realizadas duas renovações deste certificado nacional: em 2015 e em 2019. 

No ano de 2017, foi a vez da Accreditation Canada International – ACI atestar a qualidade do hospital no Programa QMENTUM Global, fazendo do CHN novamente o primeiro hospital da região a receber uma certificação internacional. Recentemente, em março de 2021, o hospital foi recertificado. A terceira acreditação ocorreu em 2018, quando o IQG – Health Services Accreditation qualificou nosso Complexo de Emergências com a “Distinção em Serviços de Emergência”, sendo o primeiro hospital da América Latina a receber este selo. Em março de 2021, o CHN teve suas emergências recertificadas. 

Desde 2015 o hospital participa do Programa Parto Adequado que, de 2017 em diante, contou também com parceria entre a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE) e o Institute for Healthcare Improvement - IHI, apoiados pelo Ministério da Saúde. Ele tem como objetivo identificar modelos inovadores e viáveis de atenção ao nascimento que valorizem o parto normal e reduzam o percentual de cesarianas sem indicação clínica.  

Em 2018, o CHN iniciou sua participação na Rede Sentinela da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), com direcionamento para Vigilância em Eventos Adversos e Queixas Técnicas causados por medicamentos, materiais hospitalares e hemocomponentes, em parceria com os serviços de saúde brasileiros (hospitais, hemocentros e serviços de apoio diagnóstico e terapêutica), Associação Médica Brasileira - AMB e órgãos de Vigilância Sanitária Estaduais e Vigilâncias Municipais.​

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Conheça o nosso Portal de Privacidade .