Logon
Sobre Nós

​​​​​​​​​​

Perguntas Frequentes

Tire suas dúvidas sobre nosso atendimento

Perguntas frequentes sobre COVID-19

TENHO SINTOMAS DA COVID-19, DEVO IR AO HOSPITAL?
Caso os seus sintomas sejam brandos, você primeiro deve buscar a orientação de seu médico de confiança, que verá a necessidade ou não da realização do exame de rastreio da Covid-19. Porém, se os sintomas forem mais complexos, como febre persistente e dificuldade para respirar, você deve procurar atendimento hospitalar.

PRECISO DE ATENDIMENTO, MAS TENHO MEDO DE IR AO HOSPITAL. O QUE POSSO FAZER?
O CHN definiu rotas de acesso livre para pacientes que precisam de atendimento hospitalar, mas não apresentam sintomas respiratórios compatíveis com Covid-19. Neste caso, eles serão atendidos nas Unidades II, III, IV e V, que não têm contato algum com as áreas destinadas aos pacientes com suspeita ou diagnóstico da Covid-19.

POSSO PROCURAR O HOSPITAL PARA FAZER O TESTE QUE DETECTA A COVID-19?
O teste que detecta a Covid-19 é realizado apenas conforme indicação médica ou quando o paciente apresenta sintomas graves, como febre prolongada e dificuldade para respirar.

O CHN TEM UMA ÁREA ESPECÍFICA PARA TRATAMENTO DE PACIENTES COM COVID-19?
Sim. A Unidade I do CHN é exclusiva para triagem, atendimento e tratamento de pacientes com sintomas compatíveis com Covid-19 ou diagnóstico confirmado da doença.

O QUE É A ROTA DE ACESSO LIVRE?
A rota de acesso livre compreende as áreas do hospital que não têm contato com pacientes com suspeita ou diagnóstico da Covid-19, nem com as equipes médicas, assistenciais e de apoio que atendem esses pacientes. Pacientes que não têm sintomas respiratórios compatíveis com Covid-19 são atendidos nas áreas de acesso livre.

TODAS AS PESSOAS SÃO ATENDIDAS NA MESMA EMERGÊNCIA?
Não. Pacientes com sintomas respiratórios ou com suspeita de Covid-19 são atendidos exclusivamente na Unidade I. Já os pacientes com sintomas de outras doenças, que não apresentem sintomas respiratórios, são atendidos nas Unidades II, III, IV e V.

POSSO VISITAR ALGUÉM QUE ESTÁ INTERNADO?
No momento, para garantir a saúde da população, as visitas aos pacientes internados no CHN estão suspensas. Porém, como as Unidades II, III, IV e V são consideradas áreas de acesso livre, é permitido um acompanhante por paciente.

POSSO FAZER UMA CIRURGIA ELETIVA?
O cirurgião que pretende realizar a cirurgia deve entrar em contato com o CHN para pedir a autorização do procedimento. Caso confirmada a cirurgia, o paciente dará entrada no hospital pela Unidade III e fará o procedimento em uma sala cirúrgica da rota de acesso livre.

POSSO ACOMPANHAR ALGUÉM QUE FARÁ UMA CIRURGIA?
Pacientes que farão cirurgias no CHN têm direito a um acompanhante, que não deverá ser substituído até receberem alta hospitalar.​

A MATERNIDADE ESTÁ FUNCIONANDO DURANTE A PANDEMIA?
Sim, a maternidade está funcionando. A gestante dará entrada no CHN pela Unidade III, e o parto será realizado em uma sala cirúrgica da rota de acesso livre. Porém, as visitas à gestante e ao bebê estão suspensas durante a pandemia.

POSSO ACOMPANHAR ALGUÉM QUE DARÁ ENTRADA NA MATERNIDADE?
Pacientes que darão à luz no CHN têm direito a um acompanhante, que não deverá ser substituído até receberem alta hospitalar.

É normal o médico demorar a falar com a família quando o paciente é internado?

Como a entrada de pacientes na UTI é constante e a rotina pode ficar atarefada, é possível que o médico precise avaliar a condição de mais de um paciente por vez, o que pode atrasar o contato com a família logo após a internação do paciente.

Após a alta da UTI, o paciente pode ir direto para casa?

Normalmente, após a alta da UTI, o paciente é transferido para o quarto privativo ou para a enfermaria. Isso acontece porque, na maioria das vezes, o tratamento necessita de continuidade, mas o paciente já não precisa mais de cuidados intensivos. No entanto, embora seja incomum, também pode ocorrer a alta da UTI direto para a casa do paciente.

O refeitório pode ser usado pelos familiares?

O refeitório do CHN é de uso exclusivo dos funcionários. Alguns planos de saúde preveem refeições para o acompanhante legal do paciente – que irá recebe-las no quarto. O CHN ainda dispõe de uma cafeteria localizada no térreo do hospital.

Por que as informações pelo telefone são tão restritas?

Visando garantir o sigilo das informações e resguardar a privacidade dos pacientes, só é permitido o fornecimento de informações ao familiar designado previamente como representante do paciente. Uma boa alternativa para se manter informado a respeito de um paciente é comparecer ao Centro de Atendimento à Família (CAF). Lá, as atendentes disponibilizam um boletim diário para acompanhar o estado de saúde dos pacientes internados na UTI.

Pode haver revezamento de visitantes na UTI?

Sim. Durante o horário de visitação, é permitido o revezamento de dois em dois visitantes. No entanto, não é permitido que todos entrem ao mesmo tempo devido à natureza da unidade, onde são oferecidos cuidados intensivos ao paciente. Dessa forma, a movimentação de muitas pessoas, bem como ruídos, pode alterar a rotina do ambiente, colocando em risco a segurança e a eficácia do tratamento.

Posso transferir o paciente para outro hospital?

Para realizar a transferência, é necessário que, em primeiro lugar, o médico avalie as condições do paciente e os riscos envolvidos. Caso a transferência seja autorizada, também será necessária a aprovação do plano ou da seguradora de saúde.

É função do familiar ou do responsável que deseja a transferência entrar em contato com seu convênio e manifestar seu desejo. Em seguida, o convênio entrará em contato com o CHN para providenciar a transferência.

Não é possível estimar um prazo para que seja realizada a transferência, uma vez que é necessário avaliar fatores importantes, como as condições do paciente e a disponibilidade da unidade de saúde para qual a família deseja fazer a transferência.

Quais os pertences necessários para internação na maternidade?

Enxoval da mamãe

• Três ou quatro camisolas com abotoamento na frente.
• Uma cinta pós-parto.
• Um sutiã de amamentação.
• Um pacote de absorvente pós-parto.
• Um kit de higiene pessoal.
Enxoval do bebê
• Quatro cueiros.
• Cinco mudas de roupa, por exemplo: conjuntos de pagão ou macacões.
• Quatro pares de meias.
• Três pares de luvas.
• Uma escova com pente.
• Uma manta.

Qual o horário de visita?

Nas enfermarias, as visitas são das 14h às 20h. Nos quartos privativos, ocorrem das 8h às 20h. Nas Unidades de Tratamento Intensivo, os horários variam de acordo com os leitos, das 12h30 às 17h, durante os dias úteis, e das 15h às 17h para todos os leitos em finais de semana e feriados. Na Unidade Pós-Operatório, ocorrem de 12h30 às 13h30. Na Unidade Neuro Intensiva, ocorrem de 14h às 16h. Já na Unidade Cardiológica, acontecem de 12h30 às 14h30.
Obs.: Os horários podem ser alterados por determinação dos coordenadores das UTIs.
Para mais esclarecimentos, consulte o Centro de Atendimento à Família (CAF) pelos telefones (21) 2729-1122 e 2729-1004.

É proibida a entrada de alimentos e roupas nesses setores. É possível trazer somente pertences de higiene pessoal, como sabonete, escova, pasta de dentes e xampu, entre outros itens do gênero.
9. Tenho direito a acompanhar meu familiar?
Com exceção das UTIs Neonatal e Pediátrica, que contemplam a presença da mãe ou do pai, não são permitidos acompanhantes nas Unidades de Tratamento Intensivo.

No caso de quartos privativos e enfermarias, a presença de acompanhantes dependerá da modalidade adquirida pelo plano de saúde ou seguradora de saúde, ou através dos direitos legais (abaixo de 18 anos ou acima de 60 anos). No entanto, o Centro de Atendimento à Família (CAF) oferece atendimento das 8h às 19h aos visitantes, com informações atualizadas diariamente sobre o estado de saúde dos pacientes hospitalizados na UTI.

É possível conhecer a maternidade antes de ter meu bebê?

A equipe do CHN tem muito orgulho em apresentar suas instalações e seus projetos de humanização na área materno-infantil às futuras mães. Para isso, basta entrar em contato pelo telefone (21) 2729-1000 e agendar uma visita, às quintas e sextas-feiras, das 14h às 16h.

Quais são os convênios aceitos pelo hospital?

O CHN atende a uma ampla gama de planos e convênios para sua comodidade. Clique aqui​ e confira a relação

O CHN realiza atendimento ambulatorial?

O hospital conta com o SER CHN – Soluções Médicas Integradas para atendimento ambulatorial, como consultas, exames e acompanhamento de tratamentos de pacientes. São 19 especialidades localizadas na Unidade II e conduzidas por equipes multidisciplinares especializadas, além da área de diagnóstico por imagem, com estudos de hemodinâmica, tomografia, ressonância magnética, colonoscopia e endoscopia, entre outros procedimentos oferecidos pelo hospital. Para agendar uma consulta ou exame, entre em contato pelos telefones (21) 2729-1000 (opção 1).​

Eu gostaria de fazer parte da equipe do hospital. Para quem devo enviar meu currículo?

Agradecemos o interesse em fazer parte do time CHN. Clique aqui​ ​para cadastrar seu currículo em nosso banco de talentos e participar de futuros processos seletivos. Boa sorte!