Logon
Blog

Como funciona a teleconsulta pediátrica?

Novo serviço inicia o diagnóstico do paciente antes da chegada ao hospital

Para acolher o paciente de forma integrada, começando ainda em sua casa, o Setor de Pediatria do CHN criou o serviço de teleconsulta para atender crianças e adolescentes de até 15 anos. Feito por meio de videochamada, por uma plataforma segura de prontuário eletrônico, o atendimento é realizado por nossos especialistas.

Segundo a Dra. Christine Tamar, coordenadora da Pediatria do CHN, é através das imagens vistas na videochamada e dos sintomas relatados pelo paciente ou por seus pais que o pediatra consegue ter uma ideia do estado de saúde da criança e iniciar o diagnóstico, avaliando se a visita ao hospital é necessária.​

Quando a teleconsulta pediátrica deve ser feita?

Esse novo serviço funciona como uma pré-avaliação que determina a necessidade de levar ou não a criança ou o adolescente até o hospital. Em alguns casos, o médico poderá diagnosticar o paciente apenas pela teleconsulta e indicar a melhor forma de tratamento sem que ele precise se deslocar até o hospital. Porém, caso seja preciso uma avaliação ou abordagem presencial para que seu quadro melhore, isso será informado aos pais na videochamada.   ​

O que é possível fazer em uma teleconsulta?

Por meio de uma teleconsulta, o especialista pode conhecer o histórico médico do paciente; observar lesões e mudanças na coloração da pele e de mucosas; avaliar se o paciente tem perda de equilíbrio; auxiliar no uso de aparelhos para verificar a saúde em casa, como termômetro e medidor de pressão; observar a frequência respiratória; orientar a prescrição e a dosagem de medicamentos e entender as queixas do paciente. ​

Como fazer uma consulta de teleorientação? 

Confira o passo de passo de como realizar uma consulta por videochamada no CHN:

 1. o paciente liga para o serviço de teleconsulta pelo número (21) 2729-1533; 

 2. nosso atendente faz o cadastro e recebe o aceite dos termos de atendimento pelo paciente (a ligação será gravada com a assinatura vocal de aceite dos termos); 

 3. a atendente direciona a ligação para o atendimento médico; 

 4. o médico realiza o atendimento do paciente por videochamada com base em um prontuário eletrônico seguro; 

 5. o que pode acontecer no atendimento: finalizar a teleconsulta com alta do paciente e prescrição de exames e/ou medicações ou encaminhar o paciente para a consulta presencial no hospital; 

 6. caso seja necessário ir ao CHN, o paciente terá prioridade no atendimento.

Veja mais

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Conheça o nosso Portal de Privacidade.